Nova lei de pneus de inverno em França: pronta a gerar a manutenção TPMS?

22.03.2019

Paris, França – Uma nova lei do Ministério dos Transportes pretende tornar obrigatória a utilização de pneus adaptados a invernos rigorosos em determinadas regiões da França; e já a partir do próximo inverno. A lei criará mecanicamente um aumento da procura de sensores e ferramentas TPMS, sublinha a empresa ATEQ.

WINTER-TIRE-VT56-1

Os presidentes das câmaras afetas irão impor, a partir do próximo outono, a detenção de pneus de inverno para veículos ligeiros, em 49 regiões administrativas de França. A Ilha de França também poderá estar envolvida. A lei irá impor um período de obrigação do dia 1 de novembro a 31 de março. Após a validação no Conselho de Estado, poderá ser oficializada uma publicação durante o primeiro trimestre de 2019.

Os utilizadores em causa deverão ter um segundo conjunto de pneus ou de rodas completas a partir do próximo inverno. Se o veículo estiver equipado com um sistema de TPMS, o segundo conjunto também deverá ter sensores TPMS compatíveis com o veículo. Isto porque, segundo a lei que entrou em vigor no dia 1 de novembro de 2014, é obrigatório ter um sistema de vigilância automática da pressão dos pneus (SSPP) ou um sistema de monitorização da pressão dos pneus (SSPP) em todos os veículos ligeiros vendidos na Europa. Este sistema deverá manter-se sempre funcional, incluindo no inverno.

Profissionais de automóveis: equipamento e formação necessários

winter-tires-2861853_640

Os profissionais de manutenção automóvel poderão então sofrer um aumento da procura de serviços de instalação de sensores TPMS a partir do próximo outono. Este aumento seguirá assim a tendência de países como a Alemanha, Itália e Suécia, onde já se encontra em vigor uma lei nacional ou regional sobre pneus de inverno.

A ATEQ, líder mundial em TPMS, recomenda que as oficinas se antecipem à lei, equipando-se já com as ferramentas e os consumíveis necessários. Os técnicos devem também formar-se rapidamente em todas as subtilezas próprias da tecnologia TPMS, para poderem tratar no mesmo dia de diferentes tipos de veículos.

Relembramos que as ferramentas de TPMS da ATEQ:
– abrangem 100% dos veículos comercializados na Europa
– permitem substituir ou copiar os sensores de origem em alguns gestos simples
– propõem a programação de mais de dez marcas de sensores universais
– fazem a reaprendizagem da calculadora TPMS (através da tomada OBD) em menos de 2 minutos

Baixe o comunicado de imprensa
Para aprender mais sobre ATEQ Ferramentas e Soluçoés de TPMS